Slide

As Coisas não são bem assim
Páginas: 134
Autora : Renata R. Corrêa
Editora: Pandorga
Pré-venda: Saraiva
Lançamento: 2017
Clarice, uma jovem estudante de medicina, perde seu namorado, que acreditava ser o grande amor de sua vida, às vésperas da formatura, após sofrem um grave acidente de carro. Morre com Guilherme um pouco da alegria de viver de Clarice, da sua esperança e do seu futuro. Depois de mais de um ano do falecimento do seu amado, o destino coloca na vida de Clarice, Henrique, um jovem advogado viúvo e pai da Duda, uma linda menininha loira, muito esperta e amorosa. Envolvidos por um amor sincero, terão que enfrentar grandes dificuldades e um sofrimento inesperado. É uma bonita e delicada história sobre recomeços, fé, esperança e sobre o poder do amor. 

Oi gente!
Iniciei há pouco tempo a leitura de "As coisas não são bem assim" e hoje vim trazer as primeiras impressões dessa história que me conquistou desde as primeiras palavras.


No prólogo do livro somos apresentados ao casal Clarice e Guilherme, dois jovens apaixonados que namoram desde o primeiro ano da faculdade de Medicina. A sintonia que existe entre os dois é especial e Clarice não tem dúvidas de que Guilherme é o homem que quer passar o resto da sua vida. Mas, como já sugere o título do livro, nem sempre as coisas saem como planejado e um trágico acidente de carro leva a vida de Guilherme e também o motivo da felicidade de Clarice.
Tudo acontece um mês antes da formatura dos dois, o que deixa a garota mais desolada, pois se sente culpada por ter concordado em viajar com o namorado para comemorar a conquista do tão sonhado diploma.
A vida é feita de sonhos, mas nem sempre eles se realizam... O que fazer quando de repente você se dá conta de que o tempo está passando e que a vida não é exatamente do jeito que você esperava que fosse?
Um ano se passa e Clarice continua presa ao passado e a partida prematura do seu grande amor. Sua rotina se divide entre seu trabalho em um hospital e a prática de exercícios físicos, sem deixar espaços para conhecer ou fazer novas amizades. Sua vida muda quando em uma ida cotidiana ao supermercado ela conhece Duda, uma linda garotinha de cinco anos que rouba seu coração por sua esperteza e simpatia. Ao perceber que a filha está sozinha, Henrique se aproxima para ver quem está conversando com a menina e então conhece Clarice. Entre os dois surge uma afinidade quase que imediata e algo me diz que a vida reserva muitas surpresas para esses dois...
Às vezes, o amor pega as pessoas de surpresa!
 Logo nas primeiras páginas me vi absorta na escrita da Renata, pois ela consegue manter um ritmo bom na história que deixa o leitor ansioso pelos próximos acontecimentos no enredo.
Até o momento, consegui enxergar algumas lições intrínsecas que podem ser trazidas para a vida, o que torna 'As coisas não são bem assim' mais que um livro de ficção.
O tamanho do livro e a narrativa me fez querer ler tudo de uma vez só, mas me policiei para que pudesse escrever as primeiras impressões e confesso que estou muito ansiosa para saber os destinos de Clarice, Henrique e Duda, personagens que me conquistaram rapidamente.
Assim que concluir a leitura, tem resenha completa por aqui!
Se ficou com vontade de ler o livro, ele está em pré-venda na Saraiva, mas corre que já está nos últimos dias e garanta já o seu!


Fiquem à vontade para comentar o que acharam nos comentários, beijos!
Até a próxima!

Compartilhe com os amigos
Blogger Widgets


Olá estimados leitores!
Mais uma parceria do blog foi firmada, dessa vez com a autora Fabi Zambelli! Se existe algo que me enche de satisfação é auxiliar na divulgação de talentos brasileiros e saber que acreditam no trabalho desenvolvido com muito carinho do Inania Verba. Por isso, nem preciso dizer o quanto estou feliz com essa parceria! 
Vem conhecer um pouco mais sobre a autora e seu livro:

Fabiane Zambelli de Pontes nasceu em Jundiaí, uma cidadezinha interiorana de São Paulo. Desde pequena ela era fascinada pela literatura, obrigava sua mãe a devorar livros e mais livros para que pudesse absorver as histórias ali contadas. E infernizava a vida de qualquer parente quando lhes pedia para escrever as historinhas que narrava: “Desde pequenina crio meus universos.”.
Desde os 12 anos escreve livros, cuja maioria surge de sonhos que a escritora tem. Mas, foi durante os primeiros semestres do curso de jornalismo na PUC-Campinas, quando já tinha 19 anos, que essas obras começaram a amadurecer.
“Estudei no Colégio Universitário e na Divina Providência, locais que me deram mestres de toda uma vida! Durante o curso de Jornalismo na PUC-Campinas, minha mente saiu do controle e os mundos explodiram para fora de mim, dando vida a 17 obras. Hoje, sou assessora, repórter, jornalista, promoter e, claro, escritora nas horas vagas. Mas, continuo a sonhar com o dia em que integralmente serei a responsável pelo nascer de novas mentes em novos universos!”
Acompanhe a Fabiane pelas redes sociais:

Sobre o livro

Conto de Dragões
Editora: Talentos da Literatura Brasileira
Lançamento: 2016
Mariane, uma jovem universitária no auge de seus 20 anos, tem uma vida pacata e normal. Desde pequena ela sonha com criaturas místicas e sobrenaturais. No entanto, estes sonhos deixam de ser apenas imaginação e começam a ficar cada vez mais reais.A rotina que ela conhecia é completamente abalada quando um garoto suspeito e misterioso entra em sua vida. O nome dele é Andrey e parece ser perigoso, não que isto realmente importe para Mariane, já que a garota se sente cada vez mais atraída por aqueles olhos verdes e profundos.Quando Andrey resolve abrir o jogo e revelar quem realmente é, o mundo de Mariane vira de cabeça para baixo e a jovem se vê envolvida no meio de uma guerra sobrenatural, na qual parece ser a chave da vitória dos dragões sobre os giants – criaturas místicas que, até então, ninguém ouvira falar. Mas, há mais mistérios ao redor de Mariane do que ser simplesmente a "arma secreta".Dragões e humanos precisam se unir para vencer um inimigo em comum. E no caos surge um amor improvável.
Redes sociais do livro:

Somente pela sinopse já percebe-se que grandes emoções me esperam durante essa leitura (=D), acompanhe as redes sociais da autora e não deixem de conferir o blog, pois em breve vai sair resenha do livro por aqui! Agradeço a Fabi pela confiança e desejo muito sucesso com o "Conto de Dragões".

Vou ficando por aqui,
Até a próxima!

Compartilhe com os amigos
Blogger Widgets


Hoje iniciamos uma nova categoria no blog: a de entrevista com autores! A autora da vez é a querida Helena Souza, que escreveu (Im)Perfeição e é parceira do blog.

IV - (Im)Perfeição foi sua primeira obra literária? Como começou sua trajetória no universo da escrita?
Helena - O primeiro livro finalizado sim. Sempre gostei de escrever, mas foi aos quinze anos que pensei “poxa, eu poderia escrever um livro!”, apesar de não ter terminado ele e nem o da ideia seguinte, comecei a treinar minha narrativa com histórias curtas, duas delas foram publicadas em livros de contos, que foram “O Inferno Está Aqui – Eu não quero morrer” e “Já Vai Passar”. Quando tive a ideia para (Im)Perfeição, foi como se eu mesma tivesse me intimado, falando que essa história eu não desistiria. O timing de preparação e história que me envolvesse foi perfeito.

IV – Logo no início do livro você destaca que o processo de criação é um pouco cansativo, mas em contrapartida é bastante prazeroso. Em algum momento você passou por algum bloqueio criativo para dar continuidade à história ou algo semelhante? Quanto tempo demorou para que o livro fosse concluído?
Helena - Bloqueio criativo não costumo ter, preparar roteiros e sempre ficar atualizando o “estoque de ideias” para futuras cenas me ajudam. Mas, mesmo assim, ainda canso quando faço maratonas de escrita, é como se eu estivesse cheia e precisasse de um tempo para esvaziar. Isso atrapalha o tempo de finalização, porque fica no famoso vai e volta. Demorei dois anos para terminar de escrever (Im)Perfeição devido a esse meu vilãozinho pessoal e também ao foco que tenho na minha graduação, claro.

IV – Você se inspirou em algo ou alguém para criar os personagens, como a determinada Sophie e o acautelado Josh? Existe um motivo especial para que a ambientação do livro seja na Flórida (EUA)?
Helena -Todos personagens que crio são um mix de pessoas que conheço, outros personagens e de mim, então se torna difícil falar ao certo quem são as inspirações para eles. Sim! Queria deixar claro para todo mundo que leu e que lerá o livro: tentei demais ambientar ele no Brasil. De verdade. Todas as minhas histórias escritas e as que tenho preparada para escrever no futuro são da nossa terra. Mas com (Im)Perfeição não deu. A primeira coisa que imaginei quando pensei na história foi em um pântano legitimamente estadunidense (digam “oi” a qualquer episódio de Scooby-Doo que se passa em um), tentei mudar para um manguezal e depois para o Pantanal, mas a história não ia pra frente com eles. Então aloquei na Flórida, em uma cidade fictícia, já que tomei o Everglades como inspiração.
 
Foto retirada da página da autora
IV Você tem algum livro ou escritor que considera como fonte de inspiração para escrever seus livros?
Helena - Também existe um mix nisso. Tenho receio de me inspirar demais em um só e acabar me prendendo. Acabo lendo diversos autores das mais variadas faixas etária para conseguir construir, junto com meu próprio jeito de ver o mundo, uma linha própria.

IV – Após a conclusão de (Im)Perfeição fiquei com vontade de conhecer outras obras suas e talvez outras pessoas tenham essa mesma vontade futuramente. Tem algum projeto em mente para a escrita de outros livros? Se a resposta for positiva, poderia adiantar alguma coisa para os leitores?
Helena - Fico bem feliz com isso! Já comecei outro livro, ainda não tenho previsão de término, mas já digo que ele é puxado para o chick lit e tem uma vibe esportista que é tão fofinha que até eu, a própria sedentária, já guardei um lugar especial.

Agradeço à Helena por ter aceitado responder às perguntade forma tão atenciosa!
Espero que tenham gostado, agora além de conhecer um pouco da história, vocês puderam conhecer um pouco mais sobre a autora e os fatores externos que envolvem o livro.

Redes Sociais da autora
Beijos!

Compartilhe com os amigos
Blogger Widgets


Oi gente!
Recebi há alguns dias a indicação ao selo 'The Versatile Blogger Award' pelo blog Michellândia e quero deixar aqui registrada  a gratidão por ter sido indicada, foi uma das melhores experiências que o trabalho com o blog me trouxe. Obrigada Michelle, saiba que o sentimento é recíproco!
Quando recebemos o selo é necessário seguir algumas regras:

* Agradeça à pessoa que te deu este prêmio;
* Inclua o link The Versatile Blogger Award em seu blog;
* Nomeie os 15 blogueiros para o Versatile Blogger Award,
* Finalmente, diga à pessoa que o nomeou 7 coisas sobe si mesmo.

 15 blogueiros nomeados ao selo The Versatile Blogger Award pelo Inania Verba:


Confesso que não foi tão fácil como imaginava, pois percebi que existem mais blogs que o limite estabelecido que eu gostaria de indicar. Logo, os sites aqui listados foram escolhidos com muito carinho ♥

1) Ghost Moon 91 - É um blog pessoal que traz dicas de livros, séries música e cultura em geral. Gosto muito da escrita da Olive e suas fotos, por isso foi escolhido facilmente pa estar entre os escolhidos.

2) Twee - A Mel tem um blog cheio de delicadeza e fotos lindíssimas, que refletem seu amor pela natureza e encanta o leitor desde a primeira visita.

3) Ju li Crônicas - Acompanho o blog da Ju há um bom tempo e aprecio as indicações literárias e o conteúdo cristão que ela publica, com os quais me identifico bastante.

4) Colecionando Primaveras - Esse é outro blog que sigo desde sempre e a evolução da Ellem é perceptível, principalmente nas fotos que ela publica no blog e em seu Instagram literário. Vejam e tirem suas próprias conclusões :D

5) Enjoy books - É outro blog literário que gosto bastante, por lá encontramos ótimas resenhas, indicações e tudo mais relacionado ao mundo dos livros.

6) Leitora Cretina - O blog da Mônica aborda a temática literária, tags, filmes e séries bem legais para quem procura boas dicas de entretenimento em geral.

7) Colorindo Nuvens - Com um layout lindo (o que mais me chamou atenção quando o  vi pela primeira vez), o blog permeia entre vários assuntos, de renhas literárias à dicas para blogueiros, sempre com fotos lindas e inspiradoras produzidas pela Daiane.

8) Caligrafando-te - A beleza desse blog vai do nome até os textos publicados pela autora, que é uma fonte de inspiração para os leitores. Não deixem de visitar e conhecer a mágica das palavras através desse blog lindo!

9) Fluffy - Sou leitora assídua do blog da Gabriela desde 2013. (Tenho marcador de página do blog e tudo!) Sempre apreciei as resenhas e os outros assuntos abordados por lá e o comprometimento em sempre produzir novos conteúdos foi responsável por me fazer uma leitora fiel :D

10) Dose de poesia - O blog da Carla é indicado para quem deseja se manter atualizado com notícias do mundo dos livros, além das ótimas resenhas que sempre são trazidas para o público leitor.

11) Virtuosas com estilo - Com uma proposta diferente, o blog trás dicas de moda voltadas para o público cristão - protestante que por sinal são de muito bom gosto. Livros, filmes e séries também são abordados, vale a pena conferir as dicas da Willyanne!

12) Pérolas de livros - Como já sugere o nome, também aborda a temática literária e possui um conteúdo de qualidade, com resenhas, tags e afins.

13) Desancorando - Descobri o blog da Maki por acaso, um ótimo acaso por sinal! Desde que li o primeiro post " 30 coisas que a gente acha que não merece" foi amor à primeira vista e acompanho sempre que posso as novidades do blog.

14) Prateleira colorida - Com um espaço reservado em meu coração, o 'Prateleira colorida' além de falar sobre livros também faz comentários de mangás, animes e elementos da cultura japonesa em geral [♥], algo que me identifiquei desde que conheci o trabalho da Beatriz.

15) Uai Babi - Com um conteúdo irreverente, o Uai Babi é um blog pessoal em que a Bárbara compartilha suas experiências, dentre elas a de viver em Londres, uma cidade que almejo visitar. O conteúdo é muito com e vale muito a pena conhecer!


7 coisas sobre mim que talvez você não saiba


1) Sou fascinada pela cultura japonesa e meu maior sonho é ir para o Japão;
2) Sou cristão protestante desde os seis anos;
3) Comecei uma segunda graduação esse ano e quero fazer um mestrado em outro país;
4) Outros destinos dos sonhos além do Japão, são Londres e a Islândia;
5) Tenho um medo enorme de cachorros;
6) Tenho mania de organização e anoto tudo que preciso (ou não) em um planner;
7) Antes do Inania tive outro blog chamado 'Hora de Florescer', que foi desativado mas está arquivado com muito carinho.

Mais uma vez agradeço à Michelle pela indicação! Aos blogs escolhidos: saibam que foi de coração ♥.

Beijos e até a próxima!

Compartilhe com os amigos
Blogger Widgets